Nos últimos anos, o campo da data science ganhou muita atenção no mercado. Com tantas informações a serem interpretadas, mais do que nunca, as empresas reconhecem a importância das análises estatísticas para alavancagem de seus resultados. Por isso, desenvolvemos este post exclusivo no tema. 

Afinal de contas, você sabe quais são os 5 V’s da Big Data? É justamente isso que você descobrirá nesta leitura. Aqui, você entenderá um pouco mais sobre essa tecnologia e sua importância para as empresas, além de conhecer as principais aplicações desse conceito na prática. Então, não perca tempo e acompanhe!

O que é Big Data e qual sua importância para as empresas?

A Big Data é uma área tecnológica que trabalha com a coleta, manuseio e interpretação de grandes quantidades de dados. Para quem trabalha com tecnologia, é evidente a importância dessa área para o futuro do mercado, pois oferece um diferencial gigantesco para as empresas que apostam nessas ferramentas.

Hoje em dia, já existem aplicações de Big Data para um grande número de atividades no mercado, seja a sua empresa um negócio B2B, B2C, B2E ou afins. Inclusive, é uma tecnologia tão útil e tão vasta que já oferece soluções para empresas de todos os tamanhos, sejam pequenas e médias, até grandes corporações. 

Em nossa visão, a Big Data é importante justamente por vivermos na era dos dados. Hoje, tudo que fazemos no ambiente digital e presencial é convertido em informações digitalizadas, que podem ser coletadas, organizadas e interpretadas de modo a oferecer insights importantes sobre a sua atuação no mercado. 

Hoje, absolutamente tudo pode ser coletado e agregado a um banco de dados — o que você consome nas redes sociais, o que você compra nos e-commerce, o trajeto que você faz no cotidiano, a forma como você interage com anúncios e diferentes mensagens, e até mesmo as suas informações de saúde e biometria. 

É por conta disso, em um mundo cada vez mais data driven, que as empresas reconhecem a importância de investir e colher os benefícios da análise, engenharia e ciência de dados. Seja para aumentar as vendas, garantir a retenção de clientes ou aprimorar a sua abordagem gerencial, a Big Data tem uma solução para isso. 

Quais os 5 V’s da Big Data?

Velocidade, volume, variedade, veracidade e valor. Em nossa visão, esses são os 5 V’s da Big Data, que nada mais são do que pilares fundamentais para a criação de novas tecnologias e soluções nessa área. Abaixo, esclarecemos cada um desses pontos em detalhes. Acompanhe!

1. Velocidade

A primeira característica é a velocidade de coleta, organização e análise dos dados. Aqui, falamos de volumes colossais, como terabytes e petabytes de informação, e essas soluções são capazes de organizar esses grandes reservatórios de dados, eliminar os ruídos e trazer ordem e lógica a esse caos de informação e aleatoriedade.

2. Volume

Em segundo, destacamos o volume informacional. A depender da empresa e da aplicação da tecnologia, o volume de informações coletadas é colossal. Por conta disso, essas soluções se destacam por sua robustez e confiabilidade, justamente por serem capazes de ingerir tamanha quantidade de informação em tempo real.

3. Variedade

As informações podem ser coletadas em dois diferentes tipos: os dados estruturados e os não estruturados. Enquanto o primeiro é uma ingestão organizada, como planilhas e arquivos CSV ou XLSX, o segundo consiste em dados nos mais variados formatos, como conteúdos de mídia como áudios, imagens, vídeos, textos e afins. 

4. Veracidade

O objetivo da Big Data é encontrar ordem e lógica em meio a aleatoriedade de um grande banco de dados. É por isso que boas soluções de analytics se destacam pela capacidade de minimizar esses ruídos, identificando excessos, redundâncias e equívocos, e auxiliando na limpeza e na confiabilidade do dataset final.

5. Valor

Por fim, o valor e o retorno dessas soluções para a sua gestão. A Big Data é uma tecnologia que estimula a descoberta de insights e abordagens para a sua operação. Negligenciar essas informações e ignorar o diferencial oferecido pela tecnologia é o mesmo que negligenciar o investimento realizado nessas ferramentas. 

Quais as principais aplicações de Big Data?

Para encerrar, vale destacar um último “V” da Big Data, o vínculo. Apesar da ingestão de dados admitir muitas informações aleatórias, é função, também, dessas ferramentas e dos analistas encontrar a correlação nos dados, garantindo um data set coeso, limpo e estrategicamente importante para a sua tomada de decisão.

Agora sim, vamos destacar alguns exemplos dessa solução no mercado. Um setor que utiliza muito esse conceito é o campo da securitização. Grandes seguradoras estudam grandes bancos de dados, incluindo incidência de acidentes e mapas criminais, para assim, derivar a melhor relação de risco e retorno para a precificação das apólices.

A mesma abordagem é utilizada no mercado financeiro, onde o cálculo e a gestão de riscos são partes críticas na concessão de créditos. No entanto, vale falar sobre aplicações na ampla economia, sobretudo nas PMEs, as pequenas e médias empresas.

Afinal de contas, muitos gestores mais antenados em tendências e tecnologias já utilizam de soluções de Big Data e Inteligência Artificial para duas necessidades nos supermercados e varejos, que é a precificação dos produtos e o controle de estoque.

Em EPPs de crédito pessoal, a Big Data também é utilizada, juntamente das informações dos bureaus de crédito, para definir a relação de risco na oferta de empréstimos para novos usuários.

No setor da saúde, a ingestão de dados biométricos, como os coletados por smartwatches e outros dispositivos vestíveis, também já é utilizado no trabalho de diagnóstico e acompanhamento de quadros clínicos, sobretudo em países com uma malha tecnológica mais moderna, como os Estados Unidos, o Canadá, e mais recentemente, o Brasil.

Para quem é varejista digital, a Big Data também está à disposição, em ferramentas que qualificam a elaboração de anúncios e publicidades, orientando os melhores períodos, palavras-chaves e estratégias para a veiculação de campanhas nas redes sociais.

Em essência, a aplicação de Big Data no mercado é praticamente infinita e, felizmente, só estamos no começo dessa jornada.

Agora que você conhece os 5 V’s da Big Data, aproveite para garantir a sua atualização neste e em outros temas importantes para a sua gestão. Para isso, é simples — basta curtir e seguir a nossa página oficial no LinkedIn!