Outubro Rosa na Scala

O câncer de mama é o segundo tumor mais frequente no mundo e afeta milhares de mulheres só no Brasil, portanto, é uma doença que não pode ser ignorada. 

E quanto antes o diagnóstico, mais chances de CURA. Portanto a PREVENÇÃO é o caminho. 

Neste outubro rosa vamos compartilhar o depoimento da nossa querida e inspiradora Elaine Ferreira, Gerente de Negócios Scala, que foi diagnosticada no início deste ano. 

“Todos os anos sempre faço a minha divulgação para contribuir com essa causa tão importante. Porém este ano a ação está sendo diferente, este é o meu depoimento como uma mulher que entrou para a estatística das milhares de mulheres que são diagnosticadas com câncer de mama. Mas também faço parte de uma outra estatística - o de alto percentual de cura, pois tive diagnóstico precoce em estágio inicial, que está sendo essencial no processo.     

A PREVENÇÃO. Escrevendo com letras gigantes, é o que salva vidas sempre! 

Desde os meus 29 anos anualmente faço meus exames, independente do momento que esteja vivendo. Em fevereiro completei 47 anos e como de costume fui realizar os exames, quando me pediram para repetir a mamografia da mama esquerda com duas biopsias (alerta vermelho).  

Saiu o resultado, e com ele o diagnóstico da médica confirmando o câncer de mama. Foram cinco segundos de congelamento, respirei fundo e perguntei na hora o que tinha que ser feito. Sai do consultório com consultas marcadas para o dia seguinte com a oncologista e mastologista, realizei novos exames e recebi as primeiras instruções.  

Logo veio o final de semana, e com a cabeça cheia fui buscar informações onde? No Dr. Google, onde foi decretada a minha sentença de morte. Por alguns dias chorei bastante sozinha pois ainda não havia contado a ninguém (está é uma etapa importante e delicada). 

Lições aprendidas neste primeiro momento: 

1 - Prevenção salva vidas  

2 – Faça seus exames anualmente e leve para sua médica(o) ver e ler junto com você. 

3 – Não consulte o Dr. Google.  

A minha neoplasia não foi detectada com toque, pois estava muito próximo do tórax e no estágio inicial, então somente com a mamografia e ultrassom foi diagnosticada. Portanto, faça os exames, mantenha os exames de rotina sempre em dia.  

Para diminuirmos as estatísticas e o aumento de casos, a prevenção precisa ser primária: começando pela mudanças do estilo de vida, alimentação mais saudável e equilibrada, reduzir o sobrepeso e a obesidade e principalmente praticar regularmente exercício físico.  

Aqui deixo minhas sugestões de sites para quem deseja saber mais sobre os tipos de câncer, com vídeos, reportagens e rede de apoio que um paciente diagnosticado precisa: 

https://vencerocancer.org.br/  

https://vencerocancer.org.br/noticias-mama/os-avancos-ampliam-as-possibilidades-de-cura-para-o-cancer-de-mama/ 

No momento estou em tratamento, desde o diagnóstico tiveram novos exames para saber nome e sobrenome do meu tipo de câncer, e somente depois de identificar o tipo, foi marcada a cirurgia. A cirurgia foi realizada no dia 18 de maio de 2021, foram 10 horas com duas cirurgias (retirada do tumor e a reconstrução das mamas). Fiquei apenas 10 dias de repouso e desde então continuo trabalhando. Iniciei a quimioterapia em junho, já foram 12 sessões de quimio (ficava no mínimo 12 horas no hospital por semana), 80 dias com cateter no braço, 15 injeções para melhorar a defesa do meu organismo, 25 exames de sangue.  

Farei a partir de outubro, 15 sessões de radioterapia, tendo que tomar injeções para o tratamento de imunoterapia até maio/22 e um remédio diário por 5 anos para hormonioterapia.  

Durante o mês de outubro farei alguns vídeos contando mais sobre todo o meu processo, desde como compartilhei com a família, a montanha russa das emoções e sentimentos, e de como estou lidando com tudo isto. 

Ufa! E vocês devem estar pensando como ela esta com tudo isto? 

Estou bem e confiante, fazendo planos para o futuro como sempre faço, celebrando a vida a cada dia e essa paz que me inunda vem de um lugar – Deus. Encontrei uma equipe médica que me passa confiança, tenho uma família maravilhosa e presente que me apoia, sem falar nos amigos que permaneceram firmes comigo, a empresa que também tem me apoiado, e principalmente amparada pela minha fé. Só tenho a agradecer diariamente por tudo que estou vivendo, pois creio, confio e entrego. 

Previna-se, faça exames, procure por informações confiáveis e acredite que quanto mais cedo for o diagnóstico, maiores são as chances de cura. Prevenção salva vidas!” - Elaine Ferreira. 

Outubro Rosa é uma campanha de conscientização que tem como objetivo principal alertar as mulheres e a sociedade sobre a importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e mais recentemente sobre o câncer de colo do útero. A Scala apoia está causa!