A Pré-Sal Petróleo é a nossa nova parceira na gestão de gastos de partilha de produção

A Stefanini Scala venceu a licitação e até meados do próximo ano colocará em operação na Pré-Sal Petróleo o Sistema de Gestão de Gastos de Partilha de Produção (SGPP). Trata-se de uma plataforma digital que fará a gestão de dados de todos os projetos sob o regime de partilha no pré-sal, um sistema orçado em R$ 14,6 milhões. Participaram da licitação nove empresas da área de tecnologia da informação, na modalidade “Software As A Service” (SaaS).

Segundo Paulo Carvalho, diretor Técnico e de Fiscalização da Pré-Sal Petróleo, o novo sistema vai contribuir para a digitalização da companhia. Tarefas rotineiras realizadas atualmente passarão a ser feitas pelo SGPP, a exemplo do processo de reconhecimento de custos de cada um dos projetos (como compra de equipamentos, prestação de serviços, mão de obra, custos de perfuração), acompanhamento das operações e da produção de cada consórcio e verificação de estoque de petróleo e volume de gás natural de cada campo operado em regime de partilha.

“Hoje somos gestores de dez contratos de partilha e representamos a União em 23 acordos de inpidualização da produção. E a expectativa é de crescimento da nossa atuação. Estes projetos geram um enorme volume de dados e o novo sistema permitirá à Pré-Sal Petróleo exercer suas atividades com mais agilidade e eficiência”, explicou Carvalho.

PROJETOS ESTRATÉGICOS

As empresas operadoras dos consórcios alimentarão diretamente os dados no sistema, resguardando a segurança e a integridade da informação de cada projeto. Pela plataforma, a Pré-Sal Petróleo poderá acompanhar simultaneamente o desempenho de cada consórcio e também calcular os volumes de produção de petróleo e gás de propriedade da União. No futuro, será possível fazer comparações de custos praticados por cada fase de projeto.

“Sabemos da importância deste projeto para a PPSA e para o Brasil, o que nos motiva a desenvolver e entregar o projeto de forma que atenda totalmente à expectativa. A Stefanini Scala é um dos maiores parceiros de software da IBM na América Latina e vamos utilizar tecnologia deste grande fabricante para desenvolver a solução. Estamos acostumados a entregar projetos estratégicos para nossos clientes e já estamos preparados para iniciar imediatamente mais um deles”, complementa José Carlos Pires, presidente da Stefanini Scala.


Secretaria de Desenvolvimento Social de SP adota sistema Business Intelligence

A secretaria de Estado de Desenvolvimento Social do governo de São Paulo apresentou aos servidores da pasta, o processo de implantação do sistema “Business Intelligence” (BI). Trata-se de um projeto para coleta, organização, análise, compartilhamento e monitoramento de informações para as ações estratégicas da secretaria de Desenvolvimento Social.

Com o sistema, todos os dados e programas estarão armazenados em uma única ferramenta e será possível o acesso a informação de qualidade, criação de relatórios gerenciais pré-formatados direcionados às necessidades das áreas, com foco na qualidade e resultados nos programas sociais da Secretaria.

 

 

Inserção de novas bases de dados

Para o secretário Floriano Pesaro, essa é uma ferramenta inteligente que vai facilitar a gestão social em seus diferentes aspectos. “Estou confiante e otimista com a atualização da versão. Com tecnologia avançada alcançaremos melhor desempenho nos serviços, programas e projetos. Vamos permanecer com foco para que todos se apropriem das informações e do produto com afinco, podendo assim, avançar na implantação do sistema”, disse o secretário.

Segundo Marina Bragante, coordenadora do CGE (Gestão Estratégica) da SEDS, os técnicos e gestores terão melhor conhecimento da realidade social do Estado de São Paulo, em especial, pela inserção das novas bases de dados (ex.: PMAS 2013 a 2015, Vivaleite, Bom Prato, MSE Web, Censo Suas, São Paulo Solidário, entre outras) podendo monitorar, avaliar e agir prontamente, reforçou a gestora.

A empresa responsável pelo desenvolvimento e implantação do serviço é a Stefanini Scala, contratada por meio de cofinancimento do BID – Banco Interamericano de Desenvolvimento, com assessoria do PNUD – Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.

Texto: Departamento de Comunicação da Secretaria de Desenvolvimento Social.

---

FERRAMENTA UTILIZADA: IBM Cognos BI.