Do que se trata o IBPMS e por ele é importante? Descubra!

Atender às demandas do cliente com agilidade é uma exigência crucial para empresas de todos os ramos que desejam ter vida longa no mercado. Nesse sentido, investir na automatização dos seus processos e em iBPMS não é mais um diferencial, mas uma necessidade urgente para que o seu negócio execute e entregue um produto ou serviço competitivo.

Por meio dessa tecnologia, a sua empresa adquire a capacidade de mapear, executar e monitorar todas as suas operações a fim de gerar melhorias contínuas. Tudo isso traz a rapidez e a eficiência de que você precisa para construir uma marca forte na sua área de atuação. Quer saber mais? Neste post, vamos falar sobre tudo o que envolver iBPMS. Confira!

O que são os sistemas BPMS?

Toda tarefa executada dentro de uma empresa faz parte de um processo. No dia a dia, gerenciar tudo isso é um esforço complexo. Diante disso, foi criado o Business Process Management (BPM), cuja tradução para o português significa Gestão por Processos de Negócio, sendo uma disciplina que funciona por meio de um conjunto de conhecimentos que abrangem princípios e práticas voltados para a gestão de processos em empresas.

Apesar de ter os primeiros registros datados de 1776, o conceito atual do BPM foi apresentado ao mundo dos negócios em 2003 a partir do livro ‘’Business Process Management: The Third Wave’’, ou ‘’Gerenciamento de Processos de Negócio: A Terceira Onda’’ em português, escrito por Howard Smith e Peter Fingar.

A finalidade é potencializar os resultados da empresa com base na gestão e na otimização de seus processos. Em vez de enxergar os departamentos de forma isolada e vertical, o BPM propõe olhar para todos os processos de ponta a ponta no que se refere ao gerenciamento da organização.

Com a digitalização das empresas, foram criados os BPMSs, que são os softwares que possibilitam às empresas aplicar o BPM em sua rotina operacional. Esses sistemas contam com funcionalidades que facilitam a tomada de decisão, usando para isso a análise quantitativa dos dados, que envolve os processos internos e externos da companhia.

Em 2012, foi desenvolvida uma nova forma de gestão que ficou conhecida como Intelligent Business Process Management (iBPM), que pode ser traduzido para ‘’Gestão Inteligente de Processos de Negócios’’. O objetivo da nova proposta é integrar os processos à tecnologia de ponta, o que deu origem ao Intelligent Business Process Management Suites (iBPMS) — conjunto de sistemas que atuam na automatização da gestão dos processos de negócio, incluindo a modelagem e a execução, bem como o controle e o monitoramento.

Qual é a relação entre o BPMS e a automatização nas empresas?

A transformação digital provocou um enorme impacto na forma como os negócios funcionam, pois trouxe tecnologias que revolucionaram tanto as tarefas operacionais quanto as de gestão. Nesse contexto, pode-se dizer que o BPMS consiste no lado tecnológico da disciplina de gestão de BPM.

Em uma época de hiperautomação das empresas, o BPMS é um sistema que permite mapear, automatizar e monitorar todos os processos que fazem parte da rotina operacional da empresa. A tecnologia contribui para a criação de fluxos de trabalho que são executados automaticamente, delegando as tarefas para cada profissional responsável, além de agir no controle de prazos.

De forma simples, o uso do BPMS é um recurso que automatiza os processos de uma organização, o que é feito por meio da simplificação e da desburocratização do seu fluxo de operações. Na prática, isso significa eliminar o desperdício de tempo e de recursos empregados nas suas atividades, tornando-as muito mais eficientes e precisas.

O que é o iBPMS?

Conforme já dissemos, Intelligent Business Process Management Suites é uma evolução do BPMS que foi lançada após o entendimento de que as companhias deveriam pensar na otimização de processos com o intuito de elevar a eficiência e reduzir custos, sendo necessário tornar o fluxo de trabalho mais flexível e capaz de se adaptar à dinâmica de consumo dos seus clientes e às mudanças do mercado.

Os sistemas iBPMS se caracterizam por aliar o Software de Gerenciamento de Processos de Negócios (BPMS) a recursos adicionais que potencializam o desempenho das organizações, como a Inteligência Artificial, com o intuito de auxiliar a automatizar de forma dinâmica um número maior de experiência, do começo até o final.

Ao utilizar um sistema iBPMS, você conta com o suporte adequado para acompanhar e melhorar todo o ciclo de vida dos processos e a tomada de decisão das companhias, tais como:

  • descoberta;
  • análise;
  • design;
  • desenvolvimento;
  • implementação;
  • execução;
  • monitoramento;
  • otimização contínua.

Geralmente, essas ferramentas são implementadas na computação em nuvem e disponibilizam ferramentas de baixo código, que permitem aos desenvolvedores projetar novas soluções para o seu fluxo de trabalho em menor tempo. Entre os principais recursos de um iBPMS, estão:

  • validação: faz uma simulação do processo;
  • verificação: visa a uma conformidade lógica;
  • otimização: automatiza cada processo do fluxo de trabalho;
  • visão ampla: controla a dependência de todos os processos e departamentos.

Quais são os benefícios do iBPMS para os negócios?

Você quer ter mais controle sobre as operações do seu fluxo de trabalho? É exatamente isso que os sistemas iBPMS fazem pela gestão do seu negócio. Isso porque contam com mecanismos que eliminam a ocorrência de falhas e melhoram consideravelmente os seus resultados internos, o que reflete na sua performance externa. Saiba quais são os principais benefícios do iBPMS a seguir.

Contribui para a melhoria contínua de processos

Na atualidade, os dados são recursos inesgotáveis e fundamentais para o sucesso das empresas, pois contribuem para orientá-las em suas decisões. O uso do iBPMS expande a análise de dados do ambiente de operações, fazendo com que você tenha mais facilidade para checar o êxito das práticas em execução e de tendências.

O acesso a essas informações de forma ágil contribui para que o gestor e os seus colaboradores reconheçam eventuais falhas, entendam o que pode ser feito para corrigi-las e implementem ações de correção rapidamente, trazendo melhoria contínua para os seus processos.

Permite a integração com outras ferramentas

Dependendo da área de atuação da sua empresa, o seu fluxo de trabalho necessita de ferramentas que atendam às especificidades dos seus serviços. Levando isso em consideração, o iBPMS permite a integração do seu sistema com outras ferramentas para descomplicar as suas atividades.

Ajuda a realizar análises avançadas

É preciso ter em mente que o foco do iBPMS não está nos processos do ambiente de trabalho, mas nas informações. Assim, um dos principais diferenciais do software é transformar dados em informações valiosas que impactam diretamente a gestão do negócio.

Essas informações favorecem a realização de análises avançadas, que expandem o conhecimento da organização sobre o seu cenário interno e externo e a ajudam a obter insights que refletem na melhoria da sua performance e na eficiência do serviço ou do produto que chega ao consumidor final.

Reduzir erros e ser mais ágil são fatores imprescindíveis para trilhar uma jornada de sucesso no mercado atual. Ao atuar na eliminação de desperdícios e na otimização de processos, o iBPMS proporciona agilidade e qualidade na entrega dos seus serviços, o que gera valor para o cliente e constrói uma relação de confiabilidade entre ele e a organização.

Quer automatizar os seus processos e alavancar os seus resultados? Entre em contato agora mesmo com a Scala e descubra como ajudamos nessa missão!


Caso de sucesso Pré-sal Petróleo: solução agiliza a gestão e a venda do produto

A Pré-sal Petróleo (PPSA) representa os interesses da União nos contratos de partilha de produção de pré-sal. Buscando agilidade e transparência, a estatal lançou, ainda em 2018, uma licitação para automatizar seu Sistema de Gestão de Gastos de Partilha de Produção (SGPP), que permitiu implantar uma gestão digital mais abrangente, com validação de dados, controle de custos, produção e estoques.

A Stefanini Scala venceu essa licitação e implantou soluções baseadas em tecnologia IBM, gerando grandes ganhos para a PPSA. Pela plataforma, a PPSA poderá acompanhar simultaneamente o desempenho de cada consórcio e calcular os volumes de produção de petróleo e gás, além de fazer comparações de custos praticados por cada fase de projeto.

Confira o caso de sucesso em vídeo e alguns benefícios alcançados com a implantação do sistema.

SOLUÇÕES UTILIZADAS

  • IBM BPM – Business Process Manager
  • IBM ODM – Operational Decision Manager

Saiba mais sobre estas soluções, clicando aqui


Na Pré-sal Petróleo, sistema agiliza a validação de dados e controle de custos

A Pré-sal Petróleo (PPSA), estatal que representa os interesses da União nos contratos de partilha de produção de pré-sal, passou a realizar a gestão de forma digital, com validação de dados de controle de custos, produção e estoques.

O Sistema de Gestão de Gastos de Partilha de Produção (SGPP), como é chamado, teve sua licitação ganha pela Stefanini Scala ainda em 2018 e estará totalmente implantado em setembro de 2019.

CONTROLE DE CUSTOS E PRODUÇÃO

O programa reduz o tempo gasto em atividades de validação de dados e informações prestadas pelos operadores, como os custos com a compra de equipamentos, prestação de serviços, mão de obra, custos de perfuração. Além disso, permite o acompanhamento das operações e da produção de cada consórcio e a verificação de estoque de petróleo e volume de gás natural de cada campo operado em regime de partilha.

As empresas operadoras dos consórcios alimentam diretamente os dados no sistema, resguardando a segurança e a integridade da informação de cada projeto. Pela plataforma, a PPSA poderá acompanhar simultaneamente o desempenho de cada consórcio e calcular os volumes de produção de petróleo e gás, além de fazer comparações de custos praticados por cada fase de projeto.

AGILIDADE

Segundo André Onofre, gerente de TI da PPSA, em declaração prestada ao jornal Valor Econômico (foto), a rotina de validação de dados de uma planilha fornecida por um operador levava cerca de dois dias para ser validada. Agora, com o novo sistema, isso ocorre em 40 segundos.

O sistema já vem sendo usado pela Petrobrás e Shell. Agora, a PPSA está preparada para novas demandas e maiores volumes de dados, o que deve ocorrer em novembro, quando estão marcados leilões de excedentes.

SOLUÇÕES UTILIZADAS

IBM BPM - Business Process Manager
IBM ODM - Operational Decision Manager

Saiba mais sobre estas soluções, clicando aqui