Na Cooperativa de crédito Sicredi, a rotina de prover recursos a associados em pedidos de empréstimos sofreu mudanças quando a instituição assinou um acordo com o Rabo Financial Institutions Development-RD, um braço de desenvolvimento do grupo holandês Rabobank, presente em 40 países.

O acordo resultou em novas regras para a concessão de crédito e na necessidade de ter uma completa metodologia para o desenvolvimento, autoria e implantação em projetos, com indicadores de desempenho e simulação de cenários para embasar a tomada de decisões. Também era preciso introduzir KPIs (indicadores-chave de performance) para monitorar o desempenho e permitir simulações.

A criação das ferramentas necessárias coube à Stefanini Scala. A solução desenvolvida incluiu a criação de regras de negócio para calcular limites de crédito e de risco, de acordo com o perfil do cliente, e um melhor score de perfil desse cliente. Imagine simular cenário com um grupo de teenagers para determinar o potencial de empréstimos de curto prazo para esse nicho. Os indicadores ajudaram a medir o potencial de crédito que poderia ser oferecido se algumas regras fossem cumpridas.

O novo sistema resultou em mais eficiência operacional, reduzindo o tempo de resposta e custos para determinar o score, além de fornecer uma resposta qualitativa, com as causas de recusas de empréstimos de curto prazo. Uma mão na roda!